33A. Wood-Aged Beer

33A. Wood-Aged Beer

Este estilo é destinado a uma cerveja envelhecida em madeira sem caráter de álcool adicionado do uso prévio do barril. Cervejas em envelhecidas em barril de Whisky, Bourbon, ou outras cervejas semelhantes deve ser inserido como uma Especialty Wood-Aged Beer.

Impressão Geral:

Uma mistura harmoniosa do estilo de cerveja base com as características de envelhecimento em contacto com a madeira. Os melhores exemplares serão suaves, saborosos, balanceados e maturados.

Aroma:

Varia de acordo com o estilo base. Um baixo a moderado aroma de madeira ou carvalho está geralmente presente. A madeira fresca ocasionalmente pode transmitir aromáticos “verdes” puros, embora este caráter nunca deve ser muito forte. Outros compostos aromáticos opcionais incluem uma baixa a moderada baunilha, caramelo, toffee, pão tostado, ou caráter de cacau, todos a partir das características da madeira. Qualquer caráter de álcool deve ser suave e equilibrado, não quente. Algum caráter de fundo, de oxidação, é opcional, e pode assumir um agradável caráter de Jerez (Sherry) e não ser de papel, papelão ou similares. Também não deve ter maior e marcante caráter de álcool.

Aparência:

Varia de acordo com o estilo base. Muitas vezes, mais escura do que o estilo de cerveja base não adulterado, particularmente se são utilizados barris tostados ou carbonizados.

Sabor:

Varia de acordo com o estilo base. A madeira geralmente contribui com um sabor lenhoso ou de carvalho, o que pode, ocasionalmente, assumir um sabor “verde” se nova a madeira que é usada. Outros sabores que podem opcionalmente estar presentes incluem baunilha (a partir de vanilina na madeira); caramelo, butterscotch, pão tostado ou amêndoas (da madeira tostada) e café, chocolate ou cacau (da madeira carbonizada). A madeira e/ou outros sabores derivados do barril devem ser balanceados e dar suporte e ser perceptíveis, mas não dominar o estilo de cerveja base. Algum caráter de oxidação de fundo é opcional, embora isso deva assumir um agradável caráter de Jerez (Sherry) e não de ou papelão.

Sensação na Boca

Varia de acordo com o estilo base. A madeira pode adicionar taninos à cerveja, dependendo da idade do barril. Os taninos podem levar a uma adstringência adicional (que nunca deve ser elevada), ou simplesmente uma sensação de boca mais completa. Características acres ou ácidas devem ser baixas a nenhuma, e nunca devem ocupar lugar de destaque.

Comentários:

O estilo de cerveja base deve ser aparente. O caráter à base de madeira deve ser evidente, mas não tão dominante como para desequilibrar a cerveja. A intensidade dos sabores de madeira depende do tempo de contato, do envelhecimento, do acondicionamento, do uso prévio do barril e tipo e origem da madeira. ESTA CATEGORIA NÃO DEVE SER USADA PARA ESTILOS BASE ONDE WOOD- ENVELHECIMENTO É UM REQUISITO FUNDAMENTAL PARA O ESTILO (por exemplo, Flanders Red, Lambic, etc). Cervejas feitas usando somente envelhecimento de madeira ou produtos que proporcionam apenas um caráter sutil, de fundo, podem ser inscritos nas categorias de estilo-base da cerveja, desde que o caráter de madeira não está em lugar de destaque.

História:

Um método de produção tradicional, que raramente é usado por grandes cervejarias e, normalmente, apenas com produtos especiais. Mais popular com cervejarias artesanais americanas modernas procurando novos e distintos produtos. Os tonéis e barris de carvalho são tradicionais, embora outras madeiras estão se tornando cada vez mais populares.

Ingredientes Característicos:

Variam de acordo com o estilo base, com o envelhecimento em tonéis de madeira ou de barris, ou usando aditivos à base de madeira (chips de madeira, varais de madeira, essência de carvalho). Geralmente são escolhidos estilos de cerveja base mais encorpadas, de maior densidade, uma vez que elas podem ressaltar melhor os sabores adicionais, embora a experimentação é encorajada.

Instruções de Entrada:

O participante deve especificar o tipo de madeira utilizada, a origem e uso prévio do barril (se é o caso) e o nível char – de carvão – se utilizado barril carbonizado. O participante deve especificar o estilo de cerveja base; o estilo base pode ser tanto um estilo clássico BJCP (isto é, uma subcategoria nomeada) ou pode ser um tipo genérico de cerveja (por exemplo, Porter, Brown Ale). Se um tipo de madeira não usual é utilizada, o candidato deve fornecer uma breve descrição dos aspectos sensoriais que a madeira contribui para cerveja.

Estatística Vital:

OG: varia de acordo com o estilo da cerveja base, normalmente acima da média
FG: varia com o estilo da cerveja base
ABV: varia de acordo com o estilo da cerveja base, normalmente acima da média
IBUs: varia com o estilo da cerveja base
SRM: varia com o estilo da cerveja base, muitas vezes mais escura do que o estilo de cerveja base não adulterado

Exemplos Comerciais:

Bush Prestige, Cigar City Humidor India Pale Ale, Faust Holzfassgereifter Eisbock, Firestone Walker Double Barrel Ale, Great Divide Oak Aged Yeti Imperial Stout, Petrus Aged Pale, Samuel Smith Yorkshire Stingo.

Compartilhe o Guia de Estilos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on print

Este conteúdo faz parte do Guia de Estilos 2015, desenvolvido pelo Beer Judge Certification Program(BJCP) e sua Tradução Livre foi feita por Mauro Manzali Bonaccorsi em Abril de 2016.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Guia de Estilos - BJCP

v.2015

Navegue de maneira fácil e intuitiva através do Guia de Estilos.

Menu:

Menu

Quer Receber Novidades?

Redes Sociais:

Beba com moderação ⋅ Produto para maiores ⋅ Se beber não dirija

×

Carrinho

Bem-vindo ao Nosso Site

Você é maior de 18 anos?